LITORAL OESTE SUL

Descubra as vistas fantásticas da costa vicentina portuguesa, com cultura, praia e paisagens maravilhosas.

Descubra a Costa Sudoeste Portuguesa

Toda a costa oeste sul (ou costa alentejana) é conhecida principalmente como destino de verão, procurada pelas suas inúmeras praias fabulosas e por atividades ao ar livre. Amantes de surf, naturistas, observadores de pássaros, pescadores, cavaleiros, mergulhadores e todos aqueles que procuram uma pausa na agitação da vida quotidiana e desejam passar um tempo no litoral alentejano.

Ponto de partida: Aeroporto de Lisboa

Destino: Porto Côvo

Siga para Sul

Siga a 2ª Circular / E1 da Av. Berlim e comece a sua viagem rumo ao sul, atravessando as pontes Vasco da Gama ou 25 de Abril.

Prepare-se para fugir das multidões no Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina.

Praia Fonte da Telha

Localizada na margem sul do rio Tejo, no lado oposto a Lisboa, e com ligação pela ponte 25 de Abril.

Existe aqui uma importante comunidade pesqueira.
Além da atividade pesqueira, a Fonte da Telha é um resort de verão, com nove praias, restaurantes, bares, escolas de atividade náutica e um centro de mergulho.

Numa das extremidades da praia, o nudismo é praticado na praia da Adiça.

Península de Tróia

A cerca de uma hora de Lisboa, em Setúbal, pode simplesmente atravessar o rio Sado de Ferry Boat (cerca de 20 € para um veículo e 2 pessoas) para chegar a Tróia.

A Península de Tróia é uma das mais belas costas de Portugal, com cerca de 18 km de areias e águas cristalinas, e dunas com floresta de pinheiros... com uma bela vista para o Parque Natural da Serra da Arrábida.

Divirta-se e desfrute de alguns desportos aquáticos - perfeitos para windsurf e vela.

Faça uma curta caminhada e encontre praias desertas e florestas tranquilas... Respire a natureza.

É muito comum ver golfinhos neste ponto em que o rio Sado encontra o mar - pode fazer um passeio de barco com tempo para observá-los. É sempre uma boa ideia!

Seguindo a estrada que atravessa este troço de areia, chegará a outras praias, como Comporta, Carvalhal e Pego…

Praia da Comporta

A enorme praia de areia da Comporta é famosa pelas suas praias de ótima qualidade e clima ameno durante o verão, com areia branca e mar azul, dando uma aparência paradisíaca.

O mar, com algumas ondulações, oferece boas condições para o kitesurf.

A Comporta está integrada na Reserva Natural do Estuário do Sado, onde também é possível observar mais de 200 espécies de aves que aqui existem.

Lindo lugar para relaxar enquanto se olha para o céu!

Praia do Carvalhal

Muito popular entre os amantes de surf e kitesurf. Existem várias atividades na praia, ao lado de espreguiçadeiras e chapéus de sol.

A Praia do Carvalhal, em Odemira, entre Odeceixe e Zambujeira do Mar, é um dos melhores destinos de praia da Costa Vicentina. É o lugar perfeito para passar um dia cercado pela natureza, seja para relaxar ao sol com uma bebida, receber uma massagem, surfar ou desfrutar de uma das nossas refeições.

Praia do Pego – Grândola

A praia do Pego é a imagem de tranquilidade. Um verdadeiro oásis alentejano cercado por uma longa extensão de areia, com um sistema de dunas de grande interesse ambiental. Possui restaurantes de qualidade que servem pratos típicos do Alentejo.

Esta praia é uma das preferidas dos pescadores desportivos e muitas vezes organiza competições e campeonatos.

Reserva Natural das Lagoas de Santo André e da Sancha

Localizada no Alentejo, a Reserva Natural das Lagoas de Santo André e da Sancha ocupa um setor costeiro de 15 km de extensão para o interior da costa, nos municípios de Sines e Santiago do Cacém.

A Reserva é um local de grande beleza natural e oferece excelentes condições para a prática de muitas atividades, como caminhadas, canoagem e windsurf, ou simplesmente passear e relaxar ao sol nas longas praias de areia da Costa de Santo André e da Fonte do Cortiço.

Sines

Antiga cidade pesqueira, Sines foi gradualmente transformada pelo turismo e pela indústria. Atualmente é um importante terminal portuário e petroleiro de grande importância para a economia portuguesa.

Com vista para a baía estão as ruínas de um castelo medieval, que foi restaurado no século XVI.

Praia de São Torpes

As suas ondas fortes e regulares fazem com que a Praia de São Torpes seja um dos melhores locais para o surf em toda a costa portuguesa, com várias escolas disponíveis para quem deseja aprender este desporto.

Localizada no extremo norte do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, a Praia de São Torpes cobre uma longa faixa de areia ocasionalmente pontuada por rochas, com o mar notavelmente mais quente que as praias vizinhas.

Porto Côvo

Porto Côvo continua a ser a amigável vila de pescadores cheia de pequenas casas brancas.

É sem dúvida bonita, mas hoje em dia talvez seja melhor descrevê-la como uma antiga vila de pescadores, já que a economia da vila agora é impulsionada pelo turismo.

É um local popular de refúgio de fim de semana durante os meses mais quentes. Algumas das maiores atrações para os visitantes são as belas praias abrigadas por falésias que estão escondidas aqui e ali por todo o litoral.

A cerca de 250 metros da costa, perto de Porto Covo, fica a abandonada Ilha do Pessegueiro, uma ilha que há muito é uma grande fonte de inspiração para os poetas.

previous arrow
next arrow
Slider